Vídeoconferência de MoE para alunos da UEMG

Aconteceu no dia 29/05/2017 a primeira videoconferência sobre MoE no Brasil! A aula foi dirigida a alunos do curso noturno de Pedagogia da UEMG e foi organizada pela professora Laura Ituassu e por mim. Estiveram presentes também professores da Universidade que se interessaram pela temática.
Foi feita uma breve explicação sobre o MoE, e consegui, em uma hora e meia fazer um resumo do que é indispensável para se pensar em um MoE: 1) Uma empresa 2) Um time de especialistas 3) Um cliente 4) Uma tarefa. Claro que cada um destes itens se subdivide e possui suas especificidades, mas tudo isso será assunto para um próximo encontro!
O Livro recém lançado de Tim Taylor: A Begginer’s Guide to Mantle of the Expert (Um guia para iniciantes do Manto do Especialista- uma abordagem transformadora para a educação) foi a base para a elaboração da vídeo aula. Os alunos muito se interessaram e vislumbraram em suas práticas nas escolas, oportunidades de torná-las um MoE.
Mais uma vez espalhou-se a notícia de que o MoE existe e é utilizado com êxito em muitos lugares. Mais uma vez pode-se notar o entusiasmo da descoberta e a vontade de experimentar algo novo.
Obrigada à Laura Ituassu por proporcionar este encontro e a todos os envolvidos. Que venham as próximas oportunidades de disseminar o MoE pelo Brasil!
2017-08-25T16:17:10+00:00

Sobre o Autor:

Sou Mestre em Teatro Aplicado na Educação, Comunidades e Sociedade pela Goldsmiths, University of London, pós-graduada em Arte-educação, Pedagoga, Publicitária, Educadora, Professora de Teatro, Diretora e Atriz. Meu maior desafio até hoje foi o de descobrir como unir todas minhas habilidades e paixões. O mestrado foi um pontapé importante, mas minha curiosidade foi o gatilho para que eu encontrasse aquilo que procurava. Não dizem por aí que "Quem procura acha"? Meu grande "achado" foi o MoE, uma metodologia de ensino que une minhas paixões: educação, dramatização e criatividade. Será este o espaço que utilizarei para compartilhar com você o que sei, e espero causar em sua cabeça um turbilhão de dúvidas para que a sua curiosidade o leve (quem sabe?) a encontrar também no MoE, seu novo caminho.

Deixar Um Comentário